terça-feira, 25 de novembro de 2008

REQUIÃO NÃO AUTORIZOU O AUMENTO DO PEDÁGIO

LEIA AQUI a MATÉRIA:

http://www.aenoticias.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=42948

4 comentários:

Anônimo disse...

"Ou Baixa ou Acaba"

Lamentável pessoas que prometem aquilo que NÃO podem cumprir!

Shirley disse...

Voce não pode dizer que Requião não cumpriu seus compromissos, pois ele está tentando e AINDA TEM DOIS ANOS PELA FRENTE.
A Justiça liberou os aumentos, e o Presidente da Republica tambem liberou o aumento nos outros trechos nos Estados por onde passam as mesmas Rodovias, de que forma Requião iria proibir?
Ele esta combatendo o pedágio de forma democrática com briga judicial.
Ou voces queriam que Requião fosse um incendiário? saísse incendiando todos os postos de pedágio por aí?

Anônimo disse...

Pois é...

Memória é uma coisa muito bacana.

Requião não tem dois anos de crédito para resolver o problema, pois ele já perdeu 6 anos.

Em 2002 foi a mesma história. Não lembra das promessas de seu ídolo?
Ou seja, se ele não conseguiu em 6 anos, porque irá conseguir em 2?
Ele, jornalista como é, será que não saberia das dificuldades que iría enfrentar para combater o tal pedágio antes de se candidatar?

Isso que é o mais triste.

Requião Fã Clube disse...

Para o Anônimo

Nos trechos onde Requião construiu as Estradas da Liberdade (desvios do pedágio) é uma forma de baixar o pedágio, pois o que o Motorista economiza naquele trecho influencia no custo final da viagem.
É claro que ainda são poucos kilômetro dessas estradas, mas que de certa forma baixou, isto baixou.
E ainda tem dois anos sim.
Dois anos se a gente não conseguir convencer o Mr.Robert a sair como Presidente.
Daí a conversa não é
"baixa ou acaba", mas sim
"acaba ou acaba" !!!