quinta-feira, 5 de março de 2009

FELIZ ANIVERSÁRIO II

ROBERTO REQUIÃO é quem aniversaria
mas quem ganha o presente é o MAURÍCIO
A perseguição recomeçou em pleno aniversário do Governador.
Maurício Requião irmão do Governador foi afastado do cargo de Conselheiro do TC.
Bastou as lideranças do PMDB nacional, mais propriamente o ex-Presidente Sarney, ter se reunido com Requião em Brasília, o que levou a oposição a "deduzir" que Requião finalmente teria resolvido aceitar o desafio de enfrentar uma nova Campanha Politica em 2010, provavelmente para Presidente da Republica que as coincidencias se multiplicaram.
.
Segura Requião, que isso é um bom sinal.
Como diz o ditado popular:
"Ninguem joga pedra em árvore que não tem frutos"
.
Agora entendemos a frase poética com que Requião encerrou o Programa Escola de Governo desta Terça na Tv Educativa :
"
ATRAVESSARAM NO MEU CAMINHO,
ELES PASSARÃO,
EU, PASSARINHO..."
.

3 comentários:

Flávio disse...

Concordo com o afastamento do irmão do governador por três simples motivos..
Qual é o papel do tribunal de contas? Julgar e analisar as contas do Estado. Simples... porém é um paradoxo o Maurício julgar as contas do próprio irmão. É lógico que isso não daria certo, está muito cara!
Segundo. A votação para colocar o Maurício no cargo foi realizada por voto aberto, o que abre jurisdição para a intimidação, já que alguns deputados, como todos nós sabemos, podem sim serem intimidados por revelarem seus votos em público. O correto seria um voto secreto.
E por favor, estamos falando de uma decisão do Supremo Tribunal Federal. Não podemos dizer que todos ou alguns conselheiros do STF estão de perseguição, já que a decisão foi por votação unânime.

SHIRLEY disse...

Caro leitor Flavio
Acho que voce não entendeu!
A perseguição não parte do STF, mas daqueles que ficam contendendo com a propria justiça, entrando com ação pedindo a anulação da nomeação.
No caso do Mauricio um determinado advogado entrou com uma ação pedindo a anulação da votação que levou o ex-secretário da Educação
ao cargo do TC.
Duvidar da honestidade de Mauricio no Tribunal, isso sim seria duvidar da Justiça.
Alem disto Mauricio não vai julgar as contas sozinho. Tem uma bancada de muitos Conselheiros para julgar as contas, onde um voto só não muda nada.
Tambem parece que ele poderia ser retirado da seção do dia quando se tratasse de julgar as contas do irmão.

Anônimo disse...

Acho que ninguem é pergeito mas temos um politico socialista governando o estado e isso encomoda muita gente! principalmente burgueses da elite e politicos que tem alergia a povo. Sempre votei no requião, sua marca é de governar para o povo da gema. Infelizmente em Curitiba cada vez mais o clima esta para os gananciosos.Qiueremos Curitiba brasileira de volta!!!!!!!!!!