quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Se Requião for Presidente NINGUEM TOMA a AMAZÔNIA

( Do http://grupog23.blogspot.com/2008/08/capital-do-brasil-no-corao-da-amaznia.html)

"Nós os brasileiros não podemos admitir, sob qualquer pretexto que nos roubem 60% do território nacional, ou pratiquem a ingerência da Amazônia, mesmo que grandes áreas desse território riquíssimo já tenham sido vendidas a grupos estrangeiros.
Em conversa com o governador Requião, ele nos lembrou que em 2013 acaba a Zona Franca de Manaus, o que traz, ou trará muitas mudanças na estrutura econômica da Amazônia.

Ele sugere, seja por iniciativa da presidência da republica, ou pelo voto da maioria absoluta dos congressistas, uma emenda constitucional,
que transfira provisoriamente, por um prazo mínimo de dez (10) anos, a Capital Federal do Brasil, para a Amazônia.


Ora, isso, somente isso, derrubaria vários dos argumentos internacionais.
Essa área deixaria de ser periférica da realidade nacional. A presença do Estado se realizaria plenamente. Aumentaria a densidade demográfica que será distribuída racionalmente. O Brasil conquistará a sustentabilidade econômica dessa imensa região.
Os povos indígenas seriam mais bem protegidos, as atividades de grupos estrangeiras melhor controladas, a mineração e o contrabando de riquezas seriam mais bem fiscalizados. As empresas aéreas nacionais revitalizadas.
O Turismo reacendido. A presença da Capital Federal naquela área justificaria maior contingente de militares na Calha Norte e outros projetos militares.
O Congresso ali reunido teria contacto com as verdadeiras necessidades amazônicas, o que lhes permitiria votar e legislar o interesse desses 60% do mais rico solo nacional.
Ca entre nós, Requião, se não fosse obstacularizando, metódica e sistematicamente pelos seus inimigos, revelar-se-ia um estadista nacional de primeira para bem realizar os ideais do povo brasileiro, como bem disse a cantora Beth Carvalho à Folha de Londrina. Nesse sentido, estamos trabalhando para dar ciência ao povo brasileiro dos projetos desse paranaense polemico e entusiasmado governador do PMDB, que se vê muitas vezes boicotado pela grande Imprensa nacional, “sem motivos” aparentes.
Então um de seus projetos seria apresentar ao Congresso Nacional a mudança da Capital Federal para o coração da Amazônia.
O outro, os convênios entre os estados mais ricos e desenvolvidos (18 ao todo) com os nove estados amazônicos. Cada dois estados adotariam um amazônico, como recursos e projetos. Isso te assusta? Não.

É preciso lembrar que a capital do Brasil esteve entre 1580 e 1640, se não me engano, em Salvador Bahia. Depois foi estrategicamente transferida para o Rio de Janeiro, posição meridional ao nosso litoral para facilitar o comércio do ouro e a segurança da costa, e posteriormente, num movimento que durou quase 100 anos foram finalmente transferidos (construída) para Brasília no Planalto Central durante o governo Juscelino, e finalmente, como luz no fim do túnel, agora Requião, nos propõe a sua prudente transferência, ainda que temporária, para o coração da Amazônia.
A capital federal no coração da Amazônia, tira essa imensa área da periferia histórica, e a coloca como coração do Brasil. A Amazônia só poderá ser invadida, então, pelas armas"

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA EM
http://grupog23.blogspot.com/2008/08/capital-do-brasil-no-corao-da-amaznia.html)

Um comentário:

Shirley disse...

Ninguem está falando de se construir uma nova Brasília e gastar como Juscelino, não.
Estamos falando de tranferir-se a SEDE do governo para um alojamento em uma cidade já construída da Amazônia...