sábado, 7 de julho de 2007

ENQUETE : O que você acha que representa esta foto ? Comente....

O PARANÁ SERÁ O PRIMEIRO ESTADO NO BRASIL A FAZER A INCLUSÃO DIGITAL.
SERÁ QUE É PORISSO QUE A OPOSICÃO QUER TANTO ACUSAR O GOVERNO DO PARANÁ DE NEPOTISMO ?
PARA TIRAR O SECRETÁRIO DE EDUCACÃO MAURÍCIO REQUIÃO QUE QUER FAZER DAS ESCOLAS DO PARANÁ AS MELHORES DO BRASIL ? Inclusão digital

Até o final de 2007, o Paraná será o primeiro Estado a universalizar os laboratórios de informática para os alunos das escolas públicas de 5ª a 8ª séries do Ensino Fundamental e dos colégios de Ensino Médio, além de ter a melhor taxa de computador por aluno de ensino regular:
serão 28,6 alunos por computador, taxa melhor que a exibida em 2005 por alguns países da Europa, como Alemanha, Itália, Espanha e Portugal.
O secretário Maurício Requião destaca, ainda, outro aspecto relevante do Programa Paraná Digital: ele promove a inclusão digital da parcela mais carente das crianças e jovens estudantes.
A esse propósito, o estudo do MEC e da RITLA sobre uso do computador na escola ressalta: “Devemos estar cientes de que também no campo digital, da mesma forma que nas outras áreas da saúde, educação, segurança alimentar, etc., trabalhar para reduzir ou para eliminar as diferenças é trabalhar para enfrentar as desigualdades no mundo e criar uma sociedade mais justa para seus membros”.

Um comentário:

Shirley disse...

ESTE É O FUTURO DAS ESCOLAS PÚBLICAS DO PARANÁ

O PARANÁ SERÁ O PRIMEIRO ESTADO NO BRASIL A FAZER A INCLUSÃO DIGITAL.

SERÁ QUE É PORISSO QUE A OPOSICÃO QUER TANTO ACUSAR O GOVERNO DO PARANÁ DE NEPOTISMO ?
PARA TIRAR O SECRETÁRIO DE EDUCACÃO MAURÍCIO REQUIÃO QUE QUER FAZER DAS ESCOLAS DO PARANÁ AS MELHORES DO BRASIL ?

Inclusão digital
Até o final de 2007, o Paraná será o primeiro Estado a universalizar os laboratórios de informática para os alunos das escolas públicas de 5ª a 8ª séries do Ensino Fundamental e dos colégios de Ensino Médio, além de ter a melhor taxa de computador por aluno de ensino regular: serão 28,6 alunos por computador, taxa melhor que a exibida em 2005 por alguns países da Europa, como Alemanha, Itália, Espanha e Portugal.

O secretário Maurício Requião destaca, ainda, outro aspecto relevante do Programa Paraná Digital: ele promove a inclusão digital da parcela mais carente das crianças e jovens estudantes. A esse propósito, o estudo do MEC e da RITLA sobre uso do computador na escola ressalta: “Devemos estar cientes de que também no campo digital, da mesma forma que nas outras áreas da saúde, educação, segurança alimentar, etc., trabalhar para reduzir ou para eliminar as diferenças é trabalhar para enfrentar as desigualdades no mundo e criar uma sociedade mais justa para seus membros”.